Layza Almeida é brincante, cantora, compositora, percussionista, assistente de direção musical, mãe, agente cultural e ativista periférica, formada em Serviço Social. Filha de nordestinos, carrega em seu fazer artístico a referência de folguedos e festejos populares brasileiros, dos mestres e mestras da cultura popular e da força do canto das sertanejas, caboclas e lavadeiras. Nascida em Taguatinga e criada em Ceilândia (DF), é também influenciada pela cultura urbana. É artista parceira de diversos grupos e cantoras do DF, com forte presença na tradição do Mamulengo e em atividades socioculturais.
 

Foto: Davi Mello / Pareia

“Eu sou uma mulher brincante. Aprendi a tratar a brincadeira como algo primordial para o bem viver. Às vezes, queremos complicar esse negócio de ser brincante, mas pra mim é como existir. Não há limites para a imaginação, na brincadeira tudo é possível. Divino e profano se cruzam, a simplicidade da vida se torna algo extraordinário e os mistérios entre o céu e a terra ficam querendo se revelar. É encantamento”.